sábado, 2 de setembro de 2017

Fazendo as contas...



Somos uns abençoados pelo Sistema Nacional de Saúde que temos, sou a maior defensora e é sempre sempre a minha opção número um! Bem sei que em questões de fertilidade queremos tudo para ontem e o tempo de espera nos deixa muito ansiosos mas dou graças por este SNS, pelas respostas que me dá e a forma como as dá. 

Mas falemos então de contas, as consultas foram totalmente gratuitas, desde Maio até agora vamos na terceira caneta de gonal que custa aproximadamente 100 euros, já perdi a conta às caixas de pregnyl mas sei que em valor já vai também mais ou menos em 100 euros. De Maio até agora foram mais ou menos 400 euros, sei que é muito para uns, será pouco para outros. 100 euros por mês é dinheiro claro que sim mas comparado com o dinheiro gasto no privado parece-me um valor bastante acessível. Temos pela frente, no pior cenário um ano e meio de estimulação masculina, serão 1600 euros em medicação que pode não servir para coisa nenhuma mas não conseguimos avançar para uma doação sem esgotar esta opção. Tenho fé que valha cada cêntimo, se daqui a uns meses tiver o nosso tão esperado embrião nunca mais me lembrarei do dinheiro gasto!

sexta-feira, 1 de setembro de 2017


Setembro é o meu mês. Setembro é o nosso mês. Setembro é o mês de recomeços e de novo fôlego. Nota-se muito que adoro este mês?! :)

Sê muito bem-vindo meu querido!

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

I`m Back

Agosto é mesmo um mês muito agitado o que me deixou sem tempo para passar por aqui. Este ano as férias não foram nada de especial e jurei a mim mesma que não volta a acontecer. As férias fazem falta, fazem falta para a nossa sanidade mental, fazem falta para namorar e reacender a chama, fazem falta para mimar a família and so on! Nunca mais volto a cometer esta loucura de ter apenas uma semana de férias e, pior ainda, passar parte dela a trabalhar no meu "projecto a solo".

Ainda assim deu para descansar um bocadinho, estar com amigos, mimar a afilhada lindona que ainda ontem nasceu e já tem quase 4 meses e celebrar a chegada de mais um sobrinho/a! As minhas amigas estão todas a engravidar, não tarda temos imensas crianças a correr a casa toda.

Pouco ou nada pensei no nosso problema de fertilidade e a verdade é que também não há muito para pensar. Continuamos com a mesma medicação, dia 12 temos nova consulta onde será realizado o espermograma e veremos se tanta pica está a surtir algum efeito. Senhor namorido acha que não existirá nada ainda no espermograma eu sou mais optimista mas também vou preparada para este cenário. Na verdade este é o cenário mais provável, só em Maio começamos a medicação, são apenas 4 meses de medicação e é mesmo mesmo pouco provável já existirem espermatozóides mas sonhar não custa :)


quinta-feira, 20 de julho de 2017

FÉ-RI-AS

Minhas ricas que esperei tantoooo por vocês!!!
Vá amanha ainda não são bem férias porque há um exame para fazer, mas só o facto de já não ter que por os pézinhos na empresa deixa-se assim de sorriso rasgado.
Estou mesmo a precisar de desligar, vai ser um desligar caseiro que não vamos para lado nenhum mas salivo por ele.
Quer dizer, no fim de semana vamos casar o sogro (sim o sogro leram bem) mas tirando isso os restantes dias serão pela terrinha ao sabor do que nos apetecer no momento.
Espero que passem bem devagarinho!

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Fu*k recibos verdes!!

Sou desta era moderna dos recibos verdes... Já fui da era moderna dos estágios profissionais. O que tenho a dizer é fod** esta porcaria toda!! Apetece dizer às entidades patronais que ganhem vergonha na cara!!

Trabalhar a recibos verdes, falo dos falsos recibos verdes, é não ter estabilidade nenhuma, trabalhar a recibos verdes é não receber feriados, trabalhar a recibos verdes é não ter direito a férias ou melhor, é ter direito a férias que não são pagas, trabalhar a recibos verdes é tirar uma semana de férias e não ter dinheiro na conta depois e não, não é porque o gasto nas férias, é porque simplesmente não o recebo, trabalhar a recibos verdes é não ter subsídio de férias nem de Natal, trabalhar a recibos verdes é pagar segurança social e no fim sobrar menos que o salário mínimo, trabalhar a recibos verdes é ganhar 5 euros por hora, trabalhar a recibos verdes é receber menos que a senhora da limpeza, trabalhar a recibos verdes é maldizer a minha vida todos os dias e achar que estava melhor numa fábrica!!

Estou tão farta disto, como é que ninguém faz nada!! Fiscalizem-se as empresas, apliquem-se as coimas e OBRIGUEM as empresas a celebrar contrato com as pessoas que trabalham lá há anos!!

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Bitaites


Oh pah eu juro que até percebo a ideia, ele sabe que mulheres pela vida dele possivelmente passaram muitas, que ter filhos com as mesmas mais tarde poderia vir a tornar-se dispendioso e já para não falar que teria de partilhar a guarda dos miúdos. Eu percebo isto tudo. Mas faz-me uma tremenda confusão... É quase um vou ali ao supermercado buscar dois miúdos. Já para não falar que a namorada também se deve sentir bem estranha no meio disto tudo, ou então não que isto é gente com vidas e cenas que passam ao lado aos comuns mortais.

Tirando isto felicidades aos miúdos e à família dos miúdos, se isto um dia vos fizer mal à cuca também não falta dinheiro para psicólogos e as mais variadas terapias.

sábado, 24 de junho de 2017

Momento desabafo!!

Estão 27º lá fora, amigos a jiboiar namorido a jiboiar e, ao que parece ao entrar nas redes sociais, todo o MUNDO a jiboiar e eu estou a fazer o que?? A estudar para um exame... Já há muito não me sentia tão infeliz nesta condição. 

Uma semana, falta uma semana vou verbalizando baixinho para não deprimir!

A próxima vez que eu mencionar, mesmo que hipoteticamente, que me apetece voltar a estudar, fazer um curso, um workshop um não sei o que que me obrigue a ficar em casa num fim de semana de sol, esbofeteai-me sem dó nem piedade, ficarei muito grata!

E pronto, agora que deixei aqui este azedume vou voltar à merda do estudo. Até já Mundo Feliz.